Doutorado

 

1. Disciplinas obrigatórias

 

Área de Concentração: Ecologia

 

Estágio Docência (2 créditos, 30 horas)

Treinamento dos doutorandos à docência e à qualificação do ensino de à graduação em Ciências Biológicas, com ênfase no processo de ensino-aprendizagem. Participação monitorada em aulas teóricas e praticas de disciplinas dos cursos de graduação. Desenvolvimento de material didático para aulas dos cursos de graduação. Correção de relatórios, exercícios ou provas. Orientação supervisionada em atividades de campo. Aplicação de métodos ou técnicas pedagógicas como seminários e estudo dirigido em ecologia, em disciplinas de graduação com conteúdo da área de conhecimento Ecologia e afins.    

 

Redação Científica na Pesquisa Ecológica para o Doutorado (4 créditos, 60 horas)

Bases da redação científica. Conhecimento de método científico em Ecologia. Procedimentos de redação científica para projetos e artigos científicos. Tipos de produção científica. Aspectos éticos na escrita. Planejamento da pesquisa e da redação do manuscrito. Redação cientifica: da pergunta à discussão. Pensamento científico: da pergunta à publicação e citação.

 

2. Disciplinas optativas

 

Área de Concentração: Ecologia

 

Análises Espaciais em Macroecologia: teórica e prática  (6 créditos, 90 horas)

Introdução aos principais métodos de análise espacial com aplicações em Macroecologia. Práticas com os principais métodos estatísticos de análise espacial em Macroecologia. Padrões espaciais da diversidade biológica e seus mecanismos ecológicos e evolutivos. Utilização do programa SAM (Rangel et al. 2006, 2010). Obtenção, processamento e análise de dados em ecologia geográfica. Discussão e acompanhamento de projetos de pesquisa de alunos. 

  

Biologia da Conservação (4 créditos, 60 horas)

Biologia da conservação e mudanças ambientais relacionadas as atividades humanas. Diversidade biológica. Padrões globais de perda de espécies e extinções. Destruição de habitat. Valoração da biodiversidade. Conservação em nível de população. Conservação em nível de comunidades. Conservação de ecossistemas. Conservação da Amazônia. Estabelecimento de áreas protegidas.

 

Desenho Experimental em Estudos Ecológicos (4 créditos, 60 horas)

Elaboração de desenhos experimentais para testes de hipóteses em estudos ecológicos e experimentos em ecologia. Manipulação de experimentos. Tipos de amostragens. Amostras, repetições e pseudo-repetições. Modelos nulos. 

 

Diversidade Morfológica e Funcional de Comunidades (3 créditos, 45 horas)

Principais conceitos e princípios relacionados à diversidade morfológica e funcional. Atributos biológicos e funcionais e sua quantificação. Diversidade biológica: conceitos, escalas e medidas. Diversidade biológica em comunidades e serviços ambientais. Regras de assembleia: filtros ambientais, competição, facilitação. Atributos funcionais: definição, importância e mensuração. Atributos funcionais: divergência, convergência e padrões de organização em comunidades. Grupos Funcionais: definição e abordagens para classificação. Diversidade funcional: definições, componentes e medidas. Quantificação da diversidade morfológica e funcional: aplicações na Plataforma R. Atributos funcionais como indicadores de alterações ambientais: atributos-resposta, atributos-efeito, relações entre atributos funcionais e hábitat, modelos lineares e análises gráficas para dados de comunidades, atributos funcionais e dados ambientais. 

 

Ecologia Comportamental (3 créditos, 45 horas)

Breve história do estudo do comportamento. Técnicas de observação do comportamento animal em cativeiro e no campo. Caracterização dos principais conceitos em Sociobiologia. Seleção de grupo. Desenvolvimento e modificação do comportamento social. Aprendizagem individual e social. Altruísmo. Comunicação. Competição (agressividade, territorialidade, sistemas de dominação, interações predador-presa). Sexo e reprodução (seleção sexual, estratégias reprodutivas, sistemas de acasalamento, investimento parental, cuidado parental, conflito pais-descendentes). Comportamento e preservação. Descrição e experimentação em Ecologia comportamental humana. Métodos de estudo em comportamento. 

 

Ecologia da Amazônia (3 créditos, 45 horas)

(i) História da Geologia da Amazônia: Escudo das Guianas e Brasil Central, surgimento dos Andes, etc. (ii) Clima:- Climas passados e atual, sazonalidade de chuvas, vento e temperatura, el niño e la niña, e carbono. (iii) Bacias: Hidrografia e hidrologia, vazão média e sazonal, caracterização limnológica das águas, etc...(iv) Pedologia v) Vegetação e Fitofisionomia: (vi) Ecossistemas e Paisagens: Classificação do IBGE e WWF. Apresentação dos ambientes: I- Aquáticos - áreas alagadas (várzea, igapó, campos, mangues, restinga, rios, lagos, cabeceiras, corredeiras e etc); II - Terrestres - campina, campinarana, florestas, cerrado, savana. 

 

Ecologia da Reprodução Animal (3 créditos, 45 horas)

Estudo das características e/ou mecanismos biológicos e sua relação com os fatores ambientais durante o ciclo reprodutivo de espécies de animais da região amazônica. Noções básicas sobre os componentes morfológicos e os principais processos relacionados à reprodução de vertebrados. Anatomia macroscópica e morfologia geral dos aparelhos genitais masculinos e femininos, com ênfase para as adaptações morfofuncionais encontradas em cada grupo. Gametogênese, controle endócrino e ciclo reprodutivo. Comportamento reprodutivo, aspectos ecológicos e fatores ambientais associados. 

  

Ecologia de Ambientes Aquáticos e Costeiros (4 créditos, 60 horas)

Descrição e caracterização dos principais ambientes aquáticos e costeiros e seus organismos associados. Propriedades físicas e químicas da água. Análise da Estrutura e produtividade dos ecossistemas aquáticos. Dinâmica do oxigênio e salinidade da água. Ciclos biogeoquímicos do carbono, nitrogênio, fósforo, enxofre, sílica e ferro. Fatores limitantes bióticos e abióticos. Descrição e caracterização de comunidades planctônicas (algas, cianobactérias, zooplâncton e ictioplâncton). Descrição e caracterização de comunidades bentônicas (macroalgas, plantas aquáticas, zoobentos). Sedimento e sua biota associada. Impactos antrópicos nos ecossistemas aquáticos continentais. Manejo e conservação de ecossistemas aquáticos.

 

Ecologia de Ambientes Terrestres (4 créditos, 60 horas) 

Funcionamento e estruturação de ambientes terrestres. Introdução de conceitos e definições relativos à produção primária. Vegetação terrestre e a dinâmica do ciclo de carbono. Introdução ao conceito de biomas. Descrição de padrões de produtividade e distribuição de biomassa. Estoque e entrada de nutrientes no solo. Análise dos principais ciclos biogeoquímicos em ecossistemas terrestres. 

 

Ecologia de Campo (6 créditos, 90 horas)

Treinamento e capacitação de estudantes para a construção de hipóteses científicas em Ecologia através de atividades orientadas no campo. Elaboração de perguntas científicas testáveis em ecologia. Coleta de dados. Análise de resultados. Preparação de relatórios dos trabalhos no formato de artigo científico e correção após avaliação. Desenvolvimento de ferramental teórico e prático em ecologia. Desenvolvimento e execução de trabalhos científicos de campo com objetividade. Apresentações orais e escritas dos principais resultados dos projetos de campo.

 

Ecologia de Comunidades Naturais (5 créditos, 75 horas)

Introdução às comunidades naturais e seu desenvolvimento. Principais conceitos, padrões e medidas de biodiversidade. O papel das interações biológicas, da história evolutiva, do acaso, e da limitação de dispersão na formação de comunidades. Coexistência de espécies, competição vs. facilitação. Modelos de organização de comunidades: dinâmica espacial de comunidades. Diversidade e o funcionamento de ecossistemas. Respostas de comunidades às mudanças climáticas.

 

Ecologia de Ecossistemas (4 créditos, 60 horas)

Descrição de ecossistemas como diagramas de fluxo de energia. Reflexões quanto à importância do ciclo de elementos nos ecossistemas. Produção Primária e Energia nos Sistemas Ecológicos. Medidas da Produção Primária. Fatores determinantes da produtividade dos ecossistemas. Influência do Clima, geologia e geomorfologia; Padrões Globais na Produção Primária. Estrutura e distribuição global dos Ecossistemas. Definições de várias eficiências energéticas. Eficiência de assimilação e eficiência de produção líquida. Cadeias alimentares de base herbívora de base detritívora. Transformações de elementos no Ecossistema. Ciclo da água. Ciclo do Carbono. Ciclagem de nutrientes. Ciclo do Nitrogênio, Fósforo e Enxofre. O papel dos microorganismos nos ciclos dos elementos. Química e estrutura do solo. Comunidade biótica do solo. Métodos de estudo e ciclo de nutrientes. Microbiologia do solo com ênfase na ciclagem de nitrogênio. Micorrizas. Aplicações ao manejo do solo. O funcionamento dos ecossistemas, os tipos de estrutura das comunidades e espécies associadas. Avaliação dos principais impactos humanos sobre ecossistemas. Ecossistemas manejados. Efeitos das mudanças globais sobre ecossistemas. 

 

Ecologia de Paisagens (6 créditos, 90 horas)

Histórico da Ecologia da Paisagem. Conceitos, princípios e percepções. Propriedades e estrutura da paisagem: matriz, fragmentos e corredores. Escalas, hierarquias. Dinâmica dos processos naturais e suas relações antrópicas. Funcionamento, transformações e manejo de paisagens em diversas escalas. Métricas e modelos. Conectividade e fragmentação de ecossistemas. Teorias de biogeografia de ilhas e de metapopulação aplicados a ecologia da paisagem. Escalas. Dinâmica da Paisagem. Fragmentação e limiares. Conectividade estrutural e funcional. Conservação e ecologia da paisagem. Aplicações da Ecologia da Paisagem na restauração ambiental e recuperação de áreas degradadas. Ferramentas teóricas e analíticas em ecologia de paisagem. Estrutura da paisagem e padrões biológicos.  

 

Ecologia de Paisagens (3 créditos, 45 horas)

Histórico da Ecologia da Paisagem. Conceitos, princípios e percepções. Propriedades e estrutura da paisagem: matriz, fragmentos e corredores. Escalas, hierarquias. Dinâmica dos processos naturais e suas relações antrópicas. Funcionamento, transformações e manejo de paisagens em diversas escalas. Métricas e modelos. Conectividade e fragmentação de ecossistemas. Teorias de biogeografia de ilhas e de metapopulação aplicados a ecologia da paisagem. Escalas. Dinâmica da Paisagem. Fragmentação e limiares. Conectividade estrutural e funcional. Conservação e ecologia da paisagem. Aplicações da Ecologia da Paisagem na restauração ambiental e recuperação de áreas degradadas. Ferramentas teóricas e analíticas em ecologia de paisagem. Estrutura da paisagem e padrões biológicos.  

 

Ecologia de Parasitos  (4 créditos, 60 horas)

Visa discutir ecologicamente a interação parasito-hospedeiro, abordando a dinâmica dos parasitas dentro das populações de hospedeiros, assim como o papel destes como reguladores na dinâmica populacional de seus hospedeiros. Serão abordados ainda aspectos importantes da ecologia, biologia e controle de artrópodes vetores de doenças, focando fatores que determinam a distribuição e abundância dos mesmos, e que propiciam a sua interação com o ser humano favorecendo a disseminação de patógenos. 

 

Ecologia Filogenética de Comunidades (3 créditos, 45 horas)

Descrição dos conceitos fundamentais relacionados ao estudo de padrões filogenéticos em comunidades ecológicas. Apresentação dos recentes avanços no estudo de ecologia filogenética de comunidades. Perspectivas de avanços teóricos e metodológicos ecologia filogenética de comunidades. Descrição dos principais métodos e discussão das soluções analíticas mais recentes em ecologia filogenética de comunidades. Abordagens filogenéticas e funcionais em ecologia. Agrupamento e repulsão filogenética. Diversidade filogenética. Filobetadiversidade. Composição filogenética. Padrões filogenéticos em metacomunidades. Árvores filogenéticas em ecologia. Métricas de estrutura e diversidade filogenética. Estrutura filogenética de comunidades. Sinal filogenético. Conservação filogenética de nicho.

 

Ecologia Teórica e Macroecologia (4 créditos, 60 horas)

Introduzir aos principais padrões de diversidade conhecidos e suas potenciais causas à luz de processos relacionados à macroecologia e macroevolução (Gradientes de diversidade; Padrões de riqueza de espécies; Conceitos básicos de macroecologia e dados macroecológicos; Teorias de distribuição geográfica de espécies; Tamanho de corpo e variação de abundância). Discussões acerca do uso dos conhecimentos macroecológicos em Biomonitoramento, Biogeografia da conservação, Análises espaciais, Desenho de unidades de conservação.    

 

Estatística Aplicada a Estudos Ecológicos (8 créditos, 120 horas) 

Introduzir conceitos básicos em estatística e análise de dados, possibilitando a organização, o manejo e a descrição de conjuntos de dados, o planejamento e a operacionalização de testes estatísticos e, finalmente, a interpretação dos resultados obtidos. Principais técnicas estatísticas para a coleta, a disposição e o processamento de dados (informação). Formulação de hipóteses. Teoria geral da estatística e testes de aleatorização de Fisher. Delineamento experimental e pseudo-réplica. Construção de banco de dados. Uso de programas de tabulação de dados e análises estatísticas. Tipos de variáveis e escolha de testes estatísticos. Qui- quadrado. Teste t para amostras independentes; Teste t para amostras dependentes. ANOVA simples. Kruskall-Wallys. ANOVA Fatorial; Correlação de Pearson e Spearman. Regressão linear simples. Regressão múltipla. Regressão logística. Estimadores de riqueza de espécies. Interpretação e apresentação dos resultados no formato de artigos científicos. 

 

Estatística Espacial em Ecologia (5 créditos, 75 horas)

Métodos Estatísticos de análise de dados ecológicos espacialmente distribuídos. Padrões espaciais da diversidade biológica e seus mecanismos ecológicos. Obtenção, processamento e análise de dados em ecologia. Uso do Programa R para análises espaciais 

 

Estatística Multivariada para Dados Ecológicos (5 créditos, 75 horas)

Introdução à estatística multivariada. Principais análises multivariadas em ecologia: Análise de Agrupamentos (SAHN), Análise de Espécies Indicadoras, Análise de Componentes Principais (PCA), Análise de Coordenadas Principais (PCoA), Análise de Correspondência Destendenciada (DCA), Escalonamento Multidimensional Não Métrico (NMDS), Análise de Correspondência Canônica (CCA), Teste de Mantel, Teste de Mantel Parcial, Análise de Similaridade (ANOSIM), Análise de Procrustes e Análise de Redundância Parcial (RDA parcial). Principais pacotes estatísticos para execução das análises. Interpretação e discussão dos resultados. 

 

Estrutura e Dinâmica de Populações (4 créditos, 60 horas)

Principais conceitos teóricos e métodos de aplicação direta relacionados à ecologia de populações. Crescimento populacional, estrutura e dinâmica de populações, demografia, tabela de vida, migração/dispersão, competição/predação e estabilidade/caos. Modelos lineares de crescimento populacional: determinístico (Malthusiano; Logístico), estocástico (Processo de nascimento e morte; Processo de Yule-Furry; Chances de extinção de uma população). Modelo matricial de crescimento populacional: tabela de vida. Conceitos teóricos dos modelos de crescimento individual. Modelo de Crescimento de Von Bertallanffy. Métodos para estimativa de parâmetros populacionais: abundância (marcação e recaptura; transecção, parcela). Taxas de sobrevivência e mortalidade (tabela de vida). Taxas de crescimento. Estudo de casos. Estrutura de sistemas populacionais e mecanismos de funcionamento de populações. Apresentação dos principais softwares disponíveis para a execução de pesquisas em ecologia de populações. 

 

Geotecnologias Aplicadas à Ecologia (5 créditos, 75 horas)

Introdução às geotecnologias: histórico, conceitos e aplicações. Geotecnologias apresentadas: sensoriamento remoto, sistemas de posicionamento global, cartografia digital, sistemas de informações geográficas. Geodésia e sistemas de referência geodésica. Elementos de cartografia. Ferramentas das geotecnologias (para usuário final): Receptores dos Sistemas de Posicionamento Global (GNSS), Sistemas de Informações Geográficas. Tipos de dados geográficos. Fontes de dados. Análise de dados geográficos digitais. Ferramenta 1: Aparelhos receptores dos GNSS. Ferramenta 2: WebGIS. Ferramenta 3: Softwares livres para SIG: Importação e conversão de dados; Análise e interpretação de imagens; Operações com mapas; Criação de layouts. Aplicações para a ecologia: Representação espacial de dados ecológicos; Integração de dados Ambientais; Modelagem ecológica com SIG.    

 

Impactos e Usos do Solo na Amazônia (4 créditos, 60 horas)

Apresentação dos principais padrões de uso de recursos em civilizações pré- colombianos na Amazônia. Histórico de uso de recursos e impactos do uso do solo pós-colombiano. Introdução aos principais tipos de impactos antrópicos na Amazônia. Padrões de diversidade em ambientes antropizados. Padrões atuais de uso do solo na Amazônia e seus impactos ambientais. Mudanças climáticas. Modelagem de impactos futuros de uso do solo. Aplicações práticas. 

 

Interação Inseto-planta (3 créditos, 45 horas)

Aspectos gerais relativos às interações insetos-plantas. Interações antagônicas (herbivoria, insetos minadores e galhadores, defesas químicas, físicas e bióticas) e mutualísticas (mutualismo dispersivo e defensivo). Respostas adaptativas (exemplos de co-adaptações morfológicas, químicas fisiológicas e comportamentais). Estudos de casos.

 

Introdução ao Programa R  (3 créditos, 45 horas)

1) Introdução: O que é o R. História do R. Instalando o R. Usando o R. Scripts. Editores para o R. Pacotes; 2) Obtendo dados no R: Primeiros passos. Leitura e gravação de dados; 3) Como acessar variáveis e manipulação de dados no R; 4) Funções no R e sua aplicação; 5) Ciclos e Funções: Introdução a ciclos. Funções; 6) Introdução às ferramentas básicas para gráficos: função plot. Símbolos, cores e tamanho dos caracteres; 7) Ferramentas gráficas: Pie Chart, Bar Chart, Strip Chart, Boxplot, Cleveland dotplots, plot, pairplot, coplot; 8) Introdução ao pacote Lattice (funções gráficas high-level); 9) Erros comuns no R (problemas para importar dados, uso da função attach, etc.); 10) Outras ferramentas úteis para Ecólogos; 11) Transformações de dados. 12) Análises univariadas simples (teste-t, ANOVA); 13) Correlações (Spearman, Pearson); 14) Regressão simples e múltipla; 15) estimadores de riqueza de espécies.

 

Manejo e Desenvolvimento Sustentável nos Ecossistemas Amazônicos (4 créditos, 60 horas) 

Manejo e conservação nos sistemas de microbacias hidrográficas amazônicas. Tecnologias de matérias primas ambientalmente corretas. Desenvolvimento sustentável. Agenda 21. Produção e consumo. Economia da sustentabilidade: princípios, desafios e aplicações. Indicadores de desempenho sócio-ambientais. Novos desafios da humanidade no século XXI. 

 

Modelagem de Distribuição de Espécies (4 créditos, 60 horas) 

Introdução às principais teorias ecológicas envolvendo a modelagem de distribuição potencial de espécies. Nicho ecológico. Diagramas BAM. A importância de bancos de dados. Bases de dados climáticos. Particionamento de dados de ocorrência. Calibração de modelos. Limiares de corte. Métodos de avaliação das distribuições. Ensembles e incertezas inerentes às predições. Principais pacotes de algoritmos nichos e softwares disponíveis. Confecção de mapas e layouts. Apresentação de resultados. Discussões relativas ao estado da arte da modelagem de distribuição potencial de espécies. Estudos de caso e principais aplicações.    

 

Tópicos especiais:

 

Tópicos especiais em Ecologia I: Avaliação da integridade física de ambientes aquáticos (3 créditos, 45 horas) 

 

Tópicos especiais em Ecologia II: Seminários temáticos em ecologia (1 crédito, 15 horas) 

 

Tópicos especiais em Ecologia III: Uso de isótopos estáveis em estudos ecológicos (4 créditos, 60 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia IV: Estatística aplicada (4 créditos, 60 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia V: Ecologia aplicada da polinização (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VI: Ecologia e biodiversidade (1 crédito, 15 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VII: Ecologia e biodiversidade (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VIII: Modelagem de nicho ecológico (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia IX: Genética da paisagem (2 créditos, 30 horas)

 

Mestrado

 

1. Disciplinas obrigatórias

 

Área de Concentração: Ecologia

 

Redação Científica na Pesquisa Ecológica para o Mestrado (4 créditos, 60 horas)

Bases da redação científica. Conhecimento de método científico em Ecologia. Procedimentos de redação científica para projetos e artigos científicos. Tipos de produção científica. Aspectos éticos na escrita. Planejamento da pesquisa e da redação do manuscrito. Redação cientifica: da pergunta à discussão. Pensamento científico: da pergunta à publicação e citação.

 

2. Disciplinas optativas

 

Área de Concentração: Ecologia

 

Biologia da Conservação (4 créditos, 60 horas)

Biologia da conservação e mudanças ambientais relacionadas as atividades humanas. Diversidade biológica. Padrões globais de perda de espécies e extinções. Destruição de habitat. Valoração da biodiversidade. Conservação em nível de população. Conservação em nível de comunidades. Conservação de ecossistemas. Conservação da Amazônia. Estabelecimento de áreas protegidas.

 

Desenho Experimental em Estudos Ecológicos (4 créditos, 60 horas)

Elaboração de desenhos experimentais para testes de hipóteses em estudos ecológicos e experimentos em ecologia. Manipulação de experimentos. Tipos de amostragens. Amostras, repetições e pseudo-repetições. Modelos nulos. 

 

Diversidade Morfológica e Funcional de Comunidades (3 créditos, 45 horas)

Principais conceitos e princípios relacionados à diversidade morfológica e funcional. Atributos biológicos e funcionais e sua quantificação. Diversidade biológica: conceitos, escalas e medidas. Diversidade biológica em comunidades e serviços ambientais. Regras de assembleia: filtros ambientais, competição, facilitação. Atributos funcionais: definição, importância e mensuração. Atributos funcionais: divergência, convergência e padrões de organização em comunidades. Grupos Funcionais: definição e abordagens para classificação. Diversidade funcional: definições, componentes e medidas. Quantificação da diversidade morfológica e funcional: aplicações na Plataforma R. Atributos funcionais como indicadores de alterações ambientais: atributos-resposta, atributos-efeito, relações entre atributos funcionais e hábitat, modelos lineares e análises gráficas para dados de comunidades, atributos funcionais e dados ambientais. 

 

Ecologia Comportamental (3 créditos, 45 horas)

Breve história do estudo do comportamento. Técnicas de observação do comportamento animal em cativeiro e no campo. Caracterização dos principais conceitos em Sociobiologia. Seleção de grupo. Desenvolvimento e modificação do comportamento social. Aprendizagem individual e social. Altruísmo. Comunicação. Competição (agressividade, territorialidade, sistemas de dominação, interações predador-presa). Sexo e reprodução (seleção sexual, estratégias reprodutivas, sistemas de acasalamento, investimento parental, cuidado parental, conflito pais-descendentes). Comportamento e preservação. Descrição e experimentação em Ecologia comportamental humana. Métodos de estudo em comportamento. 

 

Ecologia da Amazônia (3 créditos, 45 horas)

(i) História da Geologia da Amazônia: Escudo das Guianas e Brasil Central, surgimento dos Andes, etc. (ii) Clima:- Climas passados e atual, sazonalidade de chuvas, vento e temperatura, el niño e la niña, e carbono. (iii) Bacias: Hidrografia e hidrologia, vazão média e sazonal, caracterização limnológica das águas, etc. (iv) Pedologia v) Vegetação e Fitofisionomia: (vi) Ecossistemas e Paisagens: Classificação do IBGE e WWF. Apresentação dos ambientes: I- Aquáticos - áreas alagadas (várzea, igapó, campos, mangues, restinga, rios, lagos, cabeceiras, corredeiras e etc..); II - Terrestres - campina, campinarana, florestas, cerrado, savana. 

 

Ecologia da Reprodução Animal (3 créditos, 45 horas)

Estudo das características e/ou mecanismos biológicos e sua relação com os fatores ambientais durante o ciclo reprodutivo de espécies de animais da região amazônica. Noções básicas sobre os componentes morfológicos e os principais processos relacionados à reprodução de vertebrados. Anatomia macroscópica e morfologia geral dos aparelhos genitais masculinos e femininos, com ênfase para as adaptações morfofuncionais encontradas em cada grupo. Gametogênese, controle endócrino e ciclo reprodutivo. Comportamento reprodutivo, aspectos ecológicos e fatores ambientais associados. 

  

Ecologia de Ambientes Aquáticos e Costeiros (4 créditos, 60 horas)

Descrição e caracterização dos principais ambientes aquáticos e costeiros e seus organismos associados. Propriedades físicas e químicas da água. Análise da Estrutura e produtividade dos ecossistemas aquáticos. Dinâmica do oxigênio e salinidade da água. Ciclos biogeoquímicos do carbono, nitrogênio, fósforo, enxofre, sílica e ferro. Fatores limitantes bióticos e abióticos. Descrição e caracterização de comunidades planctônicas (algas, cianobactérias, zooplâncton e ictioplâncton). Descrição e caracterização de comunidades bentônicas (macroalgas, plantas aquáticas, zoobentos). Sedimento e sua biota associada. Impactos antrópicos nos ecossistemas aquáticos continentais. Manejo e conservação de ecossistemas aquáticos.

 

Ecologia de Ambientes Terrestres (4 créditos, 60 horas) 

Funcionamento e estruturação de ambientes terrestres. Introdução de conceitos e definições relativos à produção primária. Vegetação terrestre e a dinâmica do ciclo de carbono. Introdução ao conceito de biomas. Descrição de padrões de produtividade e distribuição de biomassa. Estoque e entrada de nutrientes no solo. Análise dos principais ciclos biogeoquímicos em ecossistemas terrestres. 

 

Ecologia de Campo (6 créditos, 90 horas)

Treinamento e capacitação de estudantes para a construção de hipóteses científicas em Ecologia através de atividades orientadas no campo. Elaboração de perguntas científicas testáveis em ecologia. Coleta de dados. Análise de resultados. Preparação de relatórios dos trabalhos no formato de artigo científico e correção após avaliação. Desenvolvimento de ferramental teórico e prático em ecologia. Desenvolvimento e execução de trabalhos científicos de campo com objetividade. Apresentações orais e escritas dos principais resultados dos projetos de campo.

 

Ecologia de Comunidades Naturais (5 créditos, 75 horas)

Introdução às comunidades naturais e seu desenvolvimento. Principais conceitos, padrões e medidas de biodiversidade. O papel das interações biológicas, da história evolutiva, do acaso, e da limitação de dispersão na formação de comunidades. Coexistência de espécies, competição vs. facilitação. Modelos de organização de comunidades: dinâmica espacial de comunidades. Diversidade e o funcionamento de ecossistemas. Respostas de comunidades às mudanças climáticas.

 

Ecologia de Ecossistemas (4 créditos, 60 horas)

Descrição de ecossistemas como diagramas de fluxo de energia. Reflexões quanto à importância do ciclo de elementos nos ecossistemas. Produção Primária e Energia nos Sistemas Ecológicos. Medidas da Produção Primária. Fatores determinantes da produtividade dos ecossistemas. Influência do Clima, geologia e geomorfologia; Padrões Globais na Produção Primária. Estrutura e distribuição global dos Ecossistemas. Definições de várias eficiências energéticas. Eficiência de assimilação e eficiência de produção líquida. Cadeias alimentares de base herbívora de base detritívora. Transformações de elementos no Ecossistema. Ciclo da água. Ciclo do Carbono. Ciclagem de nutrientes. Ciclo do Nitrogênio, Fósforo e Enxofre. O papel dos microorganismos nos ciclos dos elementos. Química e estrutura do solo. Comunidade biótica do solo. Métodos de estudo e ciclo de nutrientes. Microbiologia do solo com ênfase na ciclagem de nitrogênio. Micorrizas. Aplicações ao manejo do solo. O funcionamento dos ecossistemas, os tipos de estrutura das comunidades e espécies associadas. Avaliação dos principais impactos humanos sobre ecossistemas. Ecossistemas manejados. Efeitos das mudanças globais sobre ecossistemas. 

 

Ecologia de Paisagens (6 créditos, 90 horas)

Histórico da Ecologia da Paisagem. Conceitos, princípios e percepções. Propriedades e estrutura da paisagem: matriz, fragmentos e corredores. Escalas, hierarquias. Dinâmica dos processos naturais e suas relações antrópicas. Funcionamento, transformações e manejo de paisagens em diversas escalas. Métricas e modelos. Conectividade e fragmentação de ecossistemas. Teorias de biogeografia de ilhas e de metapopulação aplicados a ecologia da paisagem. Escalas. Dinâmica da Paisagem. Fragmentação e limiares. Conectividade estrutural e funcional. Conservação e ecologia da paisagem. Aplicações da Ecologia da Paisagem na restauração ambiental e recuperação de áreas degradadas. Ferramentas teóricas e analíticas em ecologia de paisagem. Estrutura da paisagem e padrões biológicos.  

 

Ecologia de Paisagens (3 créditos, 45 horas)

Histórico da Ecologia da Paisagem. Conceitos, princípios e percepções. Propriedades e estrutura da paisagem: matriz, fragmentos e corredores. Escalas, hierarquias. Dinâmica dos processos naturais e suas relações antrópicas. Funcionamento, transformações e manejo de paisagens em diversas escalas. Métricas e modelos. Conectividade e fragmentação de ecossistemas. Teorias de biogeografia de ilhas e de metapopulação aplicados a ecologia da paisagem. Escalas. Dinâmica da Paisagem. Fragmentação e limiares. Conectividade estrutural e funcional. Conservação e ecologia da paisagem. Aplicações da Ecologia da Paisagem na restauração ambiental e recuperação de áreas degradadas. Ferramentas teóricas e analíticas em ecologia de paisagem. Estrutura da paisagem e padrões biológicos.

 

Ecologia de Parasitos (4 créditos, 60 horas)

Visa discutir ecologicamente a interação parasito-hospedeiro, abordando a dinâmica dos parasitas dentro das populações de hospedeiros, assim como o papel destes como reguladores na dinâmica populacional de seus hospedeiros. Serão abordados ainda aspectos importantes da ecologia, biologia e controle de artrópodes vetores de doenças, focando fatores que determinam a distribuição e abundância dos mesmos, e que propiciam a sua interação com o ser humano favorecendo a disseminação de patógenos. 

 

Ecologia Filogenética de Comunidades (3 créditos, 45 horas)

Descrição dos conceitos fundamentais relacionados ao estudo de padrões filogenéticos em comunidades ecológicas. Apresentação dos recentes avanços no estudo de ecologia filogenética de comunidades. Perspectivas de avanços teóricos e metodológicos ecologia filogenética de comunidades. Descrição dos principais métodos e discussão das soluções analíticas mais recentes em ecologia filogenética de comunidades. Abordagens filogenéticas e funcionais em ecologia. Agrupamento e repulsão filogenética. Diversidade filogenética. Filobetadiversidade. Composição filogenética. Padrões filogenéticos em metacomunidades. Árvores filogenéticas em ecologia. Métricas de estrutura e diversidade filogenética. Estrutura filogenética de comunidades. Sinal filogenético. Conservação filogenética de nicho.

 

Estatística Aplicada a Estudos Ecológicos (8 créditos, 120 horas) 

Introduzir conceitos básicos em estatística e análise de dados, possibilitando a organização, o manejo e a descrição de conjuntos de dados, o planejamento e a operacionalização de testes estatísticos e, finalmente, a interpretação dos resultados obtidos. Principais técnicas estatísticas para a coleta, a disposição e o processamento de dados (informação). Formulação de hipóteses. Teoria geral da estatística e testes de aleatorização de Fisher. Delineamento experimental e pseudo-réplica. Construção de banco de dados. Uso de programas de tabulação de dados e análises estatísticas. Tipos de variáveis e escolha de testes estatísticos. Qui- quadrado. Teste t para amostras independentes; Teste t para amostras dependentes. ANOVA simples. Kruskall-Wallys. ANOVA Fatorial; Correlação de Pearson e Spearman. Regressão linear simples. Regressão múltipla. Regressão logística. Estimadores de riqueza de espécies. Interpretação e apresentação dos resultados no formato de artigos científicos. 

 

Estatística Espacial em Ecologia (5 créditos, 75 horas)

Métodos Estatísticos de análise de dados ecológicos espacialmente distribuídos. Padrões espaciais da diversidade biológica e seus mecanismos ecológicos. Obtenção, processamento e análise de dados em ecologia. Uso do Programa R para análises espaciais 

 

Estatística Multivariada para Dados Ecológicos (5 créditos, 75 horas)

Introdução à estatística multivariada. Principais análises multivariadas em ecologia: Análise de Agrupamentos (SAHN), Análise de Espécies Indicadoras, Análise de Componentes Principais (PCA), Análise de Coordenadas Principais (PCoA), Análise de Correspondência Destendenciada (DCA), Escalonamento Multidimensional Não Métrico (NMDS), Análise de Correspondência Canônica (CCA), Teste de Mantel, Teste de Mantel Parcial, Análise de Similaridade (ANOSIM), Análise de Procrustes e Análise de Redundância Parcial (RDA parcial). Principais pacotes estatísticos para execução das análises. Interpretação e discussão dos resultados. 

 

Estrutura e Dinâmica de Populações (4 créditos, 60 horas)

Principais conceitos teóricos e métodos de aplicação direta relacionados à ecologia de populações. Crescimento populacional, estrutura e dinâmica de populações, demografia, tabela de vida, migração/dispersão, competição/predação e estabilidade/caos. Modelos lineares de crescimento populacional: determinístico (Malthusiano; Logístico), estocástico (Processo de nascimento e morte; Processo de Yule-Furry; Chances de extinção de uma população). Modelo matricial de crescimento populacional: tabela de vida. Conceitos teóricos dos modelos de crescimento individual. Modelo de Crescimento de Von Bertallanffy. Métodos para estimativa de parâmetros populacionais: abundância (marcação e recaptura; transecção, parcela). Taxas de sobrevivência e mortalidade (tabela de vida). Taxas de crescimento. Estudo de casos. Estrutura de sistemas populacionais e mecanismos de funcionamento de populações. Apresentação dos principais softwares disponíveis para a execução de pesquisas em ecologia de populações. 

 

Geotecnologias Aplicadas à Ecologia (5 créditos, 75 horas)

Introdução às geotecnologias: histórico, conceitos e aplicações. Geotecnologias apresentadas: sensoriamento remoto, sistemas de posicionamento global, cartografia digital, sistemas de informações geográficas. Geodésia e sistemas de referência geodésica. Elementos de cartografia. Ferramentas das geotecnologias (para usuário final): Receptores dos Sistemas de Posicionamento Global (GNSS), Sistemas de Informações Geográficas. Tipos de dados geográficos. Fontes de dados. Análise de dados geográficos digitais. Ferramenta 1: Aparelhos receptores dos GNSS. Ferramenta 2: WebGIS. Ferramenta 3: Softwares livres para SIG: Importação e conversão de dados; Análise e interpretação de imagens; Operações com mapas; Criação de layouts. Aplicações para a ecologia: Representação espacial de dados ecológicos; Integração de dados Ambientais; Modelagem ecológica com SIG.   

 

Impactos e Usos do Solo na Amazônia (4 créditos, 60 horas)

Apresentação dos principais padrões de uso de recursos em civilizações pré- colombianos na Amazônia. Histórico de uso de recursos e impactos do uso do solo pós-colombiano. Introdução aos principais tipos de impactos antrópicos na Amazônia. Padrões de diversidade em ambientes antropizados. Padrões atuais de uso do solo na Amazônia e seus impactos ambientais. Mudanças climáticas. Modelagem de impactos futuros de uso do solo. Aplicações práticas. 

 

Interação Inseto-planta (3 créditos, 45 horas)

Aspectos gerais relativos às interações insetos-plantas. Interações antagônicas (herbivoria, insetos minadores e galhadores, defesas químicas, físicas e bióticas) e mutualísticas (mutualismo dispersivo e defensivo). Respostas adaptativas (exemplos de co-adaptações morfológicas, químicas fisiológicas e comportamentais). Estudos de casos.

 

Introdução ao Programa R (3 créditos, 45 horas)

1) Introdução: O que é o R. História do R. Instalando o R. Usando o R. Scripts. Editores para o R. Pacotes; 2) Obtendo dados no R: Primeiros passos. Leitura e gravação de dados; 3) Como acessar variáveis e manipulação de dados no R; 4) Funções no R e sua aplicação; 5) Ciclos e Funções: Introdução a ciclos. Funções; 6) Introdução às ferramentas básicas para gráficos: função plot. Símbolos, cores e tamanho dos caracteres; 7) Ferramentas gráficas: Pie Chart, Bar Chart, Strip Chart, Boxplot, Cleveland dotplots, plot, pairplot, coplot; 8) Introdução ao pacote Lattice (funções gráficas high-level); 9) Erros comuns no R (problemas para importar dados, uso da função attach, etc.); 10) Outras ferramentas úteis para Ecólogos; 11) Transformações de dados. 12) Análises univariadas simples (teste-t, ANOVA); 13) Correlações (Spearman, Pearson); 14) Regressão simples e múltipla; 15) estimadores de riqueza de espécies.

 

Manejo e Desenvolvimento Sustentável nos Ecossistemas Amazônicos (4 créditos, 60 horas) 

Manejo e conservação nos sistemas de microbacias hidrográficas amazônicas. Tecnologias de matérias primas ambientalmente corretas. Desenvolvimento sustentável. Agenda 21. Produção e consumo. Economia da sustentabilidade: princípios, desafios e aplicações. Indicadores de desempenho sócio-ambientais. Novos desafios da humanidade no século XXI. 

 

Modelagem de Distribuição de Espécies (4 créditos, 60 horas) 

Introdução às principais teorias ecológicas envolvendo a modelagem de distribuição potencial de espécies. Nicho ecológico. Diagramas BAM. A importância de bancos de dados. Bases de dados climáticos. Particionamento de dados de ocorrência. Calibração de modelos. Limiares de corte. Métodos de avaliação das distribuições. Ensembles e incertezas inerentes às predições. Principais pacotes de algoritmos nichos e softwares disponíveis. Confecção de mapas e layouts. Apresentação de resultados. Discussões relativas ao estado- da-arte da modelagem de distribuição potencial de espécies. Estudos de caso e principais aplicações.      

 

 

Tópicos especiais:

 

Tópicos especiais em Ecologia I: Avaliação da integridade física de ambientes aquáticos (3 créditos, 45 horas) 

 

Tópicos especiais em Ecologia II: Seminários temáticos em ecologia (1 crédito, 15 horas) 

 

Tópicos especiais em Ecologia III: Uso de isótopos estáveis em estudos ecológicos (4 créditos, 60 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia IV: Estatística aplicada (4 créditos, 60 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia V: Ecologia aplicada da polinização (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VI: Ecologia e biodiversidade (1 crédito, 15 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VII: Ecologia e biodiversidade (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia VIII: Modelagem de nicho ecológico (2 créditos, 30 horas)

 

Tópicos especiais em Ecologia IX: Genética da paisagem (2 créditos, 30 horas)